Saúde

Cientistas conseguem reverter metástase com edição de genoma

2020-11-30

author:

Cientistas conseguem reverter metástase com edição de genoma

Estaríamos cada vez mais nos aproximando da cura do câncer? Segundo um grupo de pesquisadores da Universidade de Tel Aviv, sim. O grupo acaba de demonstrar que o sistema de edição do genoma chamado CRISPR, foi eficaz no tratamento de vários tipos de câncer com metástase, o que nos apresenta diversas possibilidades para o tratamento da doença.

edicao genoma tratamento cancer 1

Financiado pelo Fundo de Pesquisa do Câncer de Israel e recém publicado na revista Science Advances, o método é baseado em nanopartículas de lipídios e foi usado com sucesso em células cancerosas. Inovador, o tratamento não possui algum efeito colateral, já que não se trata de quimioterapia. “É preciso ressaltar que isso não é quimioterapia. Não há efeitos colaterais, e uma célula cancerosa tratada desta forma nunca se tornará ativa novamente”, explicou Dan Peer, co-autor do estudo.

edicao genoma tratamento cancer 2

Segundo ele, a tecnologia é capaz de alterar qualquer segmento genético, pois possui “capacidade de interromper, reparar ou até mesmo substituir genes de maneira personalizada”. Dois camundongos, com glioblastoma e câncer de ovário metastático, participaram da pesquisa. O glioblastoma é o tipo mais agressivo de câncer cerebral, com expectativa de vida de 15 meses após o diagnóstico e taxa de sobrevida em cinco anos de apenas 3%. Já o câncer de ovário, é a principal causa de morte entre as mulheres e o câncer mais letal do sistema reprodutor feminino.

edicao de genoma tratamento cancer

O tratamento com CRISPR em camundongos aumentou a taxa de sobrevida global em impressionantes 80%. O próximo passo é começar a testar o método de edição de genoma em seres humanos. “Provavelmente levará algum tempo até que o novo tratamento possa ser usado em humanos, mas estamos otimistas”, concluiu o cientista.

 
Foto 1: National Institutes of Health
Fotos 2 e 3: Unsplash

 

Gostou do artigo?

Siga a gente no Instagram.

Curta a nossa página no Facebook.

Inscreva-se no nosso canal no Youtube.

Comentários do Facebook