Ciência

Cientistas identificam 30 novas espécies de invertebrados marinhos em Galápagos

2020-08-26

author:

Cientistas identificam 30 novas espécies de invertebrados marinhos em Galápagos

Paraíso natural, Galápagos é um arquipélago de 13 ilhas na costa do Equador e um dos poucos lugares intocados do planeta, repleto de espécies, que serviu de referência para a elaboração da Teoria da Evolução das Espécies, do naturalista inglês Charles Darwin. Um grupo de cientistas de diversas instituições de diferentes países acaba de divulgar um estudo que revela que foram identificadas 30 novas espécies de invertebrados marinhos no lugar.

especies descobertas em galapagos 1

Tudo começou em 2015, quando estes cientistas participaram de uma expedição marinha com a ajuda de veículos subaquáticos operados remotamente. Na época eles exploraram 7 localidades diferentes, a mais de 3300 metros de profundidade e recolheram material suficiente para que a pesquisa continuasse à distância.

especies descobertas em galapagos 2

Publicado recentemente na revista Scientific Reports, a pesquisa revela que 30 novas espécies de invertebrados marinhos foram descobertas, entre elas lagostas, corais gigantes, estrelas e esponjas do mar. Paulo Proanõ, ministro do meio ambiente e água do Equador, disse que estas descobertas revelam a importância de Galápagos para o planeta: “Estas descobertas confirmam que Galápagos é um laboratório vivo com processos biológicos e ecológicos em andamento e ainda a serem explorados, o que a torna um local excepcional que merece todos os nossos esforços para ser conservado”.

De fato, este é um dos poucos ambientes ainda primitivos do planeta e a responsabilidade em mantê-lo é de todos, como explicita Pelayo Salinas de Léon, pesquisador da Fundação Charles Darwin e principal autor do estudo. O lugar, além de possuir um dos mais ricos ecossistemas da Terra, abriga a maior população de tubarões do planeta.

especies descobertas em galapagos 4

 

 
Fotos: Ocean Exploration Trust

 

Gostou do artigo?

Siga a gente no Instagram.

Curta a nossa página no Facebook.

Inscreva-se no nosso canal no Youtube

Comentários do Facebook