Arquitetura

Contra as mudanças climáticas este será o maior muro verde da Europa

2019-12-05

author:

Contra as mudanças climáticas este será o maior muro verde da Europa

O aquecimento global já é uma realidade em nossas vidas, e todo mundo tem a obrigação de lutar contra as mudanças climáticas da maneira que puder. Diante de tantos desafios, as grandes metrópoles estão criando projetos inovadores, como a cidade de Londres, que planeja construir um hotel 5 estrelas com o maior muro verde da Europa.

Sheppard-Robson-Wall-5

Com mais de 400 mil plantas, o muro verde será capaz de captar 8 toneladas de carbono e produzir 6 toneladas de oxigênio por ano, diminuindo a temperatura local em até 5 graus Celsius. Situado em um local de destaque no viaduto Holborn, no coração do Culture Mile, La Citicape House é um projeto do escritório de arquitetura Sheppard Robson, que possui projetos inovadores em todo o Reino Unido.

Sheppard-Robson-Wall-3

O muro verde faz parte da Política de Esverdeamento Urbano estabelecida no Novo Plano de Londres da GLA, que incorpora estratégias para incentivar construções urbanas verdes e sustentáveis. O empreendimento também inclui novos espaços verdes públicos, com a galeria de telhados no décimo primeiro andar aberta ao público e com vistas incríveis para a cidade. No telhado verde, serão plantadas apenas espécies de flores silvestres ameaçadas.

Sheppard-Robson-Wall-1

Dan Burr – um dos sócios do escritório responsável pelo projeto, explica de onde surgiu a inspiração: “Fizemos um esforço real para lidar com algumas das questões ambientais mais urgentes de Londres, como qualidade do ar e poluição sonora. Em vez de ter um pedaço isolado de vegetação, sentimos que uma abordagem imersiva e integrada teria o maior impacto nas condições ambientais locais e na criação de uma cidade melhor e mais habitável, além de articular uma declaração arquitetônica clara”.

 
Fotos: divulgação

 

Gostou do artigo?

Siga a gente no Instagram.

Curta a nossa página no Facebook.

Inscreva-se no nosso canal no Youtube.

 

Comentários do Facebook