Esporte

Deficiente visual participa de maratona graças à inciativa inspiradora

12/10/2019

author:

Deficiente visual participa de maratona graças à inciativa inspiradora

Andar na rua, fazer compras no supermercado, apreciar a paisagem da janela do carro, ir ao cinema e mesmo tomar banho. Todas estas atividades do cotidiano, simples para a maioria das pessoas, representam um verdadeiro desafio aos deficientes visuais. E em relação ao esporte? A chave para uma vida saudável está na prática constante de exercícios físicos, mas como introduzi-lo na vida de quem não enxerga? Deficiente visual de nascença, a francesa Stephanie Ferchichi está em contato com o esporte desde criança, graças aos seus pais,, que sempre a estimularam.

run in Lyon duo 1

Ela já fez ski, foi campeã paralímpica de natação e participou dos Jogos Paralímpicos de Londres em 2012, também como nadadora. Casou, teve dois filhos e passou 3 anos longe do esporte. Em 2019 seu corpo pediu, e ela voltou. Hoje, Stephanie corre graças à iniciativa da SNCF – uma das maiores e principais empresas públicas francesas, responsável pela maior parte da linha férrea do país.

run in Lyon duo 7

A empresa, que faz circular cerca de 14 mil trens por dia e emprega mais de 250 mil pessoas, possui uma parceria com diversas associações que fomentam a inserção de pessoas deficientes no mercado de trabalho. Sabendo da importância do exercício físico regular – até mesmo para um melhor desempenho no trabalho, a empresa também estimula seus empregados a praticar esportes e participar de competições, como a Run in Lyon, que aconteceu no último dia 6 de outubro, na cidade de Lyon. Se dezenas de empresas inscreveram seus funcionários com o objetivo principal de impulsionar o trabalho em equipe, somente a SNCF contou com mais de 600 empregados dispostos a participar da maratona.

run in Lyon duo 8

Ainda assim, se a beleza do esporte consiste no relacionamento com os outros, estímulo ao trabalho em equipe e no saber que competir é muito mais importante do que ganhar, neste ano a empresa expandiu ainda mais a iniciativa. Foi através deste projeto que Stephanie conheceu Sandrine Cartier, funcionária da SNCF. Correndo juntas há poucos meses, as parceiras de esporte participaram da maratona na categoria deficientes e correram em dupla.

run in Lyon duo 6

Para finalizar os 10 quilômetros de corrida, elas contraram com a ajuda de uma pequena corda, um execelente trabalho em equipe e muita motivação. E elas conseguiram. Em pouco mais de 1 hora, a dupla cruzou a linha de chegada, com um sorriso no rosto. Não importa em qual posição elas ficaram, muito menos se ganharam – mesmo que elas tenham ganho uma medalha por terem finalizado a prova. Afinal, o verdadeiro espírito do esporte reside também na comunhão de forças e, sobretudo na humildade.

run in Lyon duo 5

Iniciativas como esta nos mostra a urgência de criar políticas públicas de inserção de pessoas deficientes em todos os âmbitos da sociedade, pois só assim construíremos uma comunidade justa, com a consciência da importância do senso de comunhão. Para conhecer mais sobre estas mulheres inspiradoras, assista o vídeo abaixo:

 

Fotos e vídeo: Quokkamag

 

Gostou do artigo?

Siga a gente no Instagram.

Curta a nossa página no Facebook.

Inscreva-se no nosso canal no Youtube.

 

conteúdo original
Comentários do Facebook