Sustentabilidade

Designer cria skate elétrico feito de plástico reciclado

12/02/2020

author:

Designer cria skate elétrico feito de plástico reciclado

Nos últimos anos, o automóvel vem perdendo espaço para outros meios de transporte, como por exemplo as patinetes, bicicletas e até mesmo skates elétricos. No entanto, se quisermos viver em cidades inteligentes com mais mobilidade e sustentabilidade, precisamos nos questionar do que são feitos estes veículos. Por isto, o designer português João Leão construiu um skate elétrico feito de plástico reciclado.

skate plástico reciclado 1

Baseado na cidade do Porto – em Portugal, a principal inspiração para desenvolver o protótipo do PET MINI foi o lixo das praias. “Tudo começou com dois problemas: o lixo plástico que eu estava vendo sendo recolhido nas praias da minha cidade natal e o crescente tempo de deslocamento devido ao grande aumento de residentes e a uma fraca infraestrutura em transporte público.”, explica.

skate plástico reciclado 2

Feito em polietileno de alta densidade, o PET MINI – abreviação para “Transporte Elétrico Pessoal”, teve todas as peças mecânicas impressas em 3D. Apresentado como tese de mestrado do curso de Design Industrial, o jovem testou modelos com os resíduos  plásticos mais comuns encontrados nas praias de Portugal: ABS, PP e HDPE. Finalmente, o modelo escolhido foi o fabricado com HDPE – também conhecido como polietileno de alta densidade.

skate plástico reciclado 3

O skate custou 2 mil reais e João já liberou o código com todas as instruções possíveis para que todo mundo possa construir o seu próprio meio de transporte. Segundo ele, um dos princípios da iniciativa também é oferecer um produto que possa ser feito seguindo os princípios do Faça-Você-Mesmo. Com contribuição da “Precious Plastic” – projeto holandês de reciclagem de plástico de hardware aberto que possui colaboradores em várias partes do mundo, liberdade é poder construir o seu próprio skate! Para ter acesso ao código, basta clicar aqui.

 

Fotos: divulgação

 

Gostou do artigo?

Siga a gente no Instagram.

Curta a nossa página no Facebook.

Inscreva-se no nosso canal no Youtube.

Comentários do Facebook