Inspiração

Doente e abandonado, cachorro volta a sorrir depois de ser adotado

17/10/2019

author:

Doente e abandonado, cachorro volta a sorrir depois de ser adotado

Infelizmente, milhares de animais são abandonados pelo mundo, vivendo solitários pelas ruas em condições desumanas. No entanto, graças à instituições especializadas e pessoas que dedicam a vida para salvá-los, alguns têm finais felizes. Este é o caso de Sanford – este cachorro, antes abandonado e doente. Socorrido pela Dallas DogRRR, hoje ele voltou a sorrir e sua história é inspiradora.

cão volta a sorrir 1

Encontrado por funcionários da instituição, ele mal conseguia andar e foi diretamente encaminhado a um abrigo municipal, onde passou uma semana sob cuidados intensivos. Verdadeiro sobrevivente, os veterinários afirmaram que ele não somente havia sido atropelado por um carro, como também foi baleado e carregou uma bala em seu corpo por um tempo.

cão volta a sorrir 2

A organização descreveu sua situação como “absolutamente grave”, apesar de não ter sido fatal. Hoje recuperado e recebendo o cuidado que ele merece, o cão de 10 anos voltou a ser feliz e isto fica claro nas fotos do antes e depois.

cão volta a sorrir 3

Adotado por Karen Velazquez, hoje ele tem um lar adequado e recebe o amor e o carinho que todo ser vivo merece. Sempre é tempo de resgatar um animal abandonado, não importa a idade dele. A empatia salva vidas. Não compre, adote!

cão volta a sorrir 4

A importância de adotar um cachorro 

Com o objetivo de diminuir a quantidade de animais abandonados nas ruas, alguns lugares já adotaram a proibição da venda de cães e gatos em lojas. Este é o caso do Reino Unido, assim como de alguns estados dos Estados Unidos.

cão volta a sorrir 5

O mesmo já acontece na Áustralia, onde não somente é probido a venda, como também a reprodução comercial de animais domésticos. Este ripo de proibição detrói este modelo de negócio e ajuda a acabar com a crueldade animal.

 
Fotos: divulgação

 

Gostou do artigo?

Siga a gente no Instagram.

Curta a nossa página no Facebook.

Inscreva-se no nosso canal no Youtube.

Comentários do Facebook