Ciência

Entrar em caixas reduz nível de estresse dos gatos, diz estudo

2019-12-10

author:

Entrar em caixas reduz nível de estresse dos gatos, diz estudo

De todas as características apaixonantes dos gatos, talvez a mais marcante seja a serenidade e a necessidade de se estar em um lugar calmo e silencioso. Não é à toa que eles sempre acabam escolhendo cantos que nós não conseguimos acessar, como caixas e até malas de viagem. Segundo estudo encabeçado por pesquisadores da Universidade de Utrecht, esta preferência dos felinos, é justamente porque deitar e se esconder em caixas reduz de fato os níveis de estresse deles.

gato nas caixas 1

Os pesquisadores realizaram um estudo em um abrigo holandês, envolvendo 19 gatos, 10 dos quais tinham uma caixa com eles. A pesquisa enfatiza que as experiências estressantes afetam muito mais a eles, do que a nós mesmos: Experiências estressantes podem ter um grande impacto no bem estar dos gatos e causar maiores incidências de doenças infecciosas devido ao aumento dos níveis de cortisol, causando imunodeficiência”.

gato nas caixas 2

Imediatamente, eles notaram uma diferença entre o grupo de gatos que foram mantidos com uma caixa e os que não tinham o objeto ao seu alcance. Depois de alguns dias, os gatos com uma caixa registraram um nível de estresse menor do que um grupo de animais sem caixas.

gato nas caixas 3

Por isto, não se sinta frustrado caso você compre um brinquedo para seu gatinho, e ele acabe escolhendo a caixa da embalagem. Para eles, elas são muito mais do que brinquedos!

gato nas caixas 4

Curiosidades sobre os gatos

Companheiros, independentes, inteligentes. Os gatos são animais apaixonantes. E, ao contrário do que muita gente pensa, o cérebro dos gatos é biologicamente mais similar ao de um humano do que o cérebro de um cão. Ambos, humanos e gatos, têm uma região idêntica no cérebro responsável pelas emoções.

gato nas caixas 5

A capacidade de um gato encontrar sua casa é chamado de “psi-viagem”. Especialistas acreditam que eles utilizem o ângulo da luz do sol para encontrar o caminho, ou que existam células magnéticas no seu cérebro que atuam como uma bússola.

 

 

Fotos: Bored Panda

 

Gostou do artigo?

Siga a gente no Instagram.

Curta a nossa página no Facebook.

Inscreva-se no nosso canal no Youtube.

Comentários do Facebook