Cultura

Na França, base submarina da 2º Guerra Mundial se transforma no maior centro de arte digital do mundo

2019-12-12

author:

Na França, base submarina da 2º Guerra Mundial se transforma no maior centro de arte digital do mundo

Uma estrutura que antes serviu de base para um dos períodos mais violentos da história da humanidade, hoje se transformou no maior centro de arte digital do mundo. Localizado em Bordeaux – na França, uma antiga base submarina construída durante a Segunda Guerra Mundial, hoje ganhou nova vida e é um centro de arte digital de mais de 13.000 metros, renomeada como Bassins de Lumières.

bassins-de-lumieres-1

O enorme bunker foi usado por vários anos durante a guerra para abrigar uma frota submarina alemã e italiana compartilhada. No entanto, hoje o espaço monumental será repleto de exposições digitais imersivas dedicadas aos grandes mestres da história da arte e da arte contemporânea. O novo museu é iniciativa da Culturespaces, especialista nesse tipo de transformação e responsável por instalar o incrível Atelier des Lumières em uma antiga fundição de ferro em Paris.

bassins-de-lumieres-2

Com previsão de inauguração para abril de 2020, as principais instalações acontecerão em torno de quatro grandes bacias parcialmente cheias de água. Os visitantes seguirão por passarelas elevadas para apreciar as experiências imersivas, que refletirão ao longo das águas. Para a exposição inaugural, a instituição selecionou o pintor Gustav Klimt como foco. Este mestre da Secessão de Viena será explorado através da observação das cores, paisagens e retratos que definem seu trabalho.

bassins-de-lumieres-3

Enquanto isso, os amantes da arte moderna ficarão emocionados ao saber que Paul Klee é o tema de outra exposição, já que o centro abrigará diversas exposições ao mesmo tempo. O forte relacionamento de Klee com arte visual e música é a base desta experiência imperdível.

bassins-de-lumieres-4

Além disso, o Bassins de Lumières contará com um espaço chamado Le Cube, dedicado à arte digital contemporânea. “Os visitantes serão levados para o coração do oceano e embarcarão em uma jornada por diferentes materiais, cores e relevos. O trabalho combina arte, ciência e tecnologia para criar uma experiência contemplativa”, descreve o site.

bassins-de-lumieres-5

Se nunca passou pela sua cabeça conhecer a cidade de Bordeaux, agora você tem um bom motivo!

 

Fotos: divulgação Culturespaces

 

Gostou do artigo?

Siga a gente no Instagram.

Curta a nossa página no Facebook.

Inscreva-se no nosso canal no Youtube.

 

 

Comentários do Facebook