Ciência

Novo estudo afirma que quanto mais abraçamos nossos filhos, mais o cérebro deles se desenvolve

2019-09-24

author:

Novo estudo afirma que quanto mais abraçamos nossos filhos, mais o cérebro deles se desenvolve

Sabe aquela máxima de que o ser humano é um animal racional? Ela não é assim tão verdadeira, já que somos 80% emocionais e apenas 20% racionais. Apesar da alta capacidade de analisar e racionalizar as situações, o ser humano é um animal social, que precisa de interação para se desenvolver. E um novo estudo publicado na revista Psychology Today garante que quanto mais abraçamos nossos filhos, mais o cérebro deles se desenvolve. Isso acontece por causa da ocitocina hormônio e neurotransmissor produzido pelo hipotálamo e a glândula pituitária secreta.

abraçar filhos desenvolve cérebro 1

Conhecido como “hormônio do amor”, a ocitocina é um lembrete de como o organismo do ser humano pode ser complexo, já que o sistema psicológico interfere diretamente no funcionamento biológico. Presente em ambos os sexos, o papel primordial deste hormônio é estimular o processo reprodutivo, começando com a confiança e a excitação sexual, no entanto seus efeitos se ampliam e é como ele nos oferecesse uma recompensa, que é a base neurológica do vínculo social, principalmente com as pessoas mais próximas a nós.

abraçar filhos desenvolve cérebro 2

Resumindo, a ocitocina aumenta os sentimentos de confiança, intrínsecos a todos os relacionamentos pessoais próximos. Alguns animais são extremamente solitários, mas os humanos não. Inclusão social e interação são necessárias para nossa sobrevivência.

abraçar filhos desenvolve cérebro 3

Além disso, a ocitocina é essencial para o desenvolvimento do cérebro embrionário, já que desempenha um papel importante na formação de vasos sanguíneos na hipófise, que controla vários processos fisiológicos, como estresse, crescimento e reprodução.

abraçar filhos desenvolve cérebro 4

Vários outros estudos confirmam que o isolamento e a solidão podem nos levar à depressão e culminar em diversas outras doenças. Em tempos de tecnologia avançada e redes sociais é sempre bom lembrar que nada substitui um abraço e o contato humano.

abraçar filhos desenvolve cérebro 5

 

Fotos: Unsplash

 

Gostou do artigo?

Siga a gente no Instagram.

Curta a nossa página no Facebook.

Inscreva-se no nosso canal no Youtube.

Comentários do Facebook