Fotografia

O fotógrafo Nicolas Joriot fala sobre sua incrível série MONAMOURMANSK

27/05/2019

author:

O fotógrafo Nicolas Joriot fala sobre sua incrível série MONAMOURMANSK

 
O que seria da vida sem os encontros inesperados e as pessoas que cruzam os nossos caminhos? Nós tivemos a sorte de encontrar este incrível fotógrafo, em um domingo chuvoso em abril, na pequena e artística cidade de Dieulefit, que fica em uma região da França conhecida como Drôme Provençale. Sem querer, entramos na galeria que Nicolas Joriot expunha sua série de fotos em Murmansk – na Rússia e, imediatamente gostamos dessas imagens em preto e branco que gentilmente mostraram essas paisagens tão hostis.
Nicolas Joriot 7

A série inteira foi feita em uma região inóspita da Rússia em apenas uma viagem e ele nos explica: “Há quinze anos, com a mesma câmera de filme Leica, eu vou para o leste, em total contradição com a fotografia digital. Eu só tenho uma lente de 35mm e levei comigo poucos filmes, o que me permitia apenas 10 fotos por dia. Eu gosto dessas restrições, e esta economia de meios me obriga a pensar melhor e construir as minhas imagens”.

Nicolas Joriot 6
 
 
Meu gosto pelo inverno, a neve e zonas industriais sempre me empurraram para a Rússia, Ucrânia ou China. Com paciência, às vezes é necessário esperar três horas, no frio congelante de – 25°C , até que dois homens atravessassem no lugar certo de uma passarela e eu pudesse fazer as minhas fotos. Com paciência, mesmo nos lugares mais inóspitos, sempre se acaba encontrando beleza escondida no feio, doçura por trás da violência, calma e poesia”.
 
Nicolas Joriot 5
 
O cantor francês Jacques Brel, um dia disse uma frase sábia: “Ao ir para qualquer lugar, você sempre acaba encontrando algo”. Este foi o caso para nós e estamos felizes em compartilhar este belo encontro com você!
 
Nicolas Joriot 4 Nicolas Joriot 3
 
 
 
 
Fotos: Nicolas Joriot 
Comentários do Facebook