Inspiração

Palestinos e israelenses esquecem conflito e unem-se contra coronavírus

27/03/2020

author:

Palestinos e israelenses esquecem conflito e unem-se contra coronavírus

Com cerca de meio milhão de casos confirmados e 20 mil mortes, a pandemia do coronavírus vem causando estragos e uma grave crise sanitária mundial. No entanto, em meio ao caos a humanidade começa a deixar as diferenças de lado e a se concentrar mais na compaixão e na empatia, afinal, é em momentos como este que nos damos conta de que somos todos iguais. No Oriente Médio, o coronavírus provocou uma trégua e reuniu na mesma mesa palestinos e israelenses, um encontro que há anos entidades do mundo todo buscavam, sem sucesso.

acordo israel e palestina 1

O encontro foi planejado com o objetivo de criar um gabinete comum de operações para combater a pandemia. “Este é o momento de deixar de lado as nossas diferenças e trabalhar em conjunto contra a pandemia, que não distingue entre árabes e judeus”, disse um responsável da Autoridade Palestina.

acordo israel e palestina 2

Segundo Ibrahim Milhem – porta voz da Autoridade Palestina, esta foi uma medida de cooperação necessária para combater a propagação do novo coronavírus: “As nossas fronteias comuns e relações não deixam espaço de hesitação para tomar medidas severas e cooperar ao mais alto nível para evitar a propagação do vírus”, explicou.

acordo israel e palestina 3

A cooperação entre Israel e Palestina vem sem sendo feita em todos os sentidos, desde a aviação civil até questões de segurança. Para evitar o aumento do contágio do vírus, a Cisjordânia recebeu de Israel 20 toneladas de desinfetante, mais 400 kits de testes e outros 500 itens de proteção para as forças de segurança e equipes de saúde.

coronavírus

Ao mesmo tempo, agentes de saúde de ambos os locais estão trabalhando para conscientizar a população sobre os perigos da doença. Até hoje Israel contabiliza cerca de 500 casos confirmados, enquanto a Palestina cerca de 50.

 

Fotos: Unsplash

 

Gostou do artigo?

Siga a gente no Instagram.

Curta a nossa página no Facebook.

Inscreva-se no nosso canal no Youtube.

Comentários do Facebook